Anúncio
Geral Politização

Falta de acordo do Setut já é vista como politização do problema

A prefeitura de Teresina por vezes tentou resolver o problema da melhor forma possível, mas o Setut vem sendo resistente em aceitar as propostas da atual gestão

26/02/2021 20h41
Por: Redação
Falta de acordo do Setut já é vista como politização do problema

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) recebeu, por meio de ofício encaminhado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a proposta da prefeitura para regularizar o repasse de subsídios devidos pelo contrato de operação do transporte coletivo da capital.

 

De acordo com a proposta, o débito de R$ 22 milhões seria pago em 21 parcelas. O que não agradou os empresários, principalmente pela extensão do prazo. O Setut deve dar uma resposta ao município na próxima segunda-feira (1º/03). 

 

Trabalhadores mantém greve.

 

De braços cruzados desde o dia 8 de fevereiro, os motoristas e cobradores realizaram assembleia geral na manhã desta quinta-feira (26), e decidiram pela manutenção da greve.

 

Além do pagamento do ticket alimentação, os trabalhadores querem a assinatura da convenção coletiva de trabalho, algo que não tem sido sinalizado por parte do Setut.

 

E mesmo com a determinação judicial que obriga a circulação de 70% da frota, para atender à demanda dos usuários, apenas 10% a 15% dos ônibus têm saído das garagens todos os dias.

 

O que se vê em Teresina é uma politização por parte do Setut, vez que enquanto negociava com a gestão passada, estava com seus serviços de oferta de transporte público em pleno funcionamento, sempre aceitando as condições da gestão Firmino Filho. 

 

Hoje essas negociações estão tendo resistência com a atual gestão, e o pior,  os débitos são da gestão passada, e não dessa gestão, o que confirma ainda mais a politização do transporte público a fim que tentar deixar a gestão atual com uma imagem de culpa que não tem. O certo é que o povo mais necessitado de Teresina são os mais afetados pela resistência do Setut.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jornalista Thiago Maciel
Sobre Jornalista Thiago Maciel
Thiago Maciel é Bacharel em Direito e Jornalista no estado do Piauí.
Teresina do Piauí - PI

Teresina do Piauí - Piauí

Sobre o município
Notícias de Teresina - PI
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias