Anúncio
Geral PIAUÍ CONECTADO

Governador debate expansão do Piauí Conectado para os 224 municípios e ampliação da Colônia de Férias

O governador Wellington Dias participou, na tarde desta quinta-feira (15), da reunião do Conselho Gestor de Parcerias Público Privadas, que aprovou a […]

16/04/2021 11h31
Por: Redação
Governador debate expansão do Piauí Conectado para os 224 municípios e ampliação da Colônia de Férias

O governador Wellington Dias participou, na tarde desta quinta-feira (15), da reunião do Conselho Gestor de Parcerias Público Privadas, que aprovou a expansão do programa Piauí Conectado. A proposta de parceria prevê a ampliação da rede de fibra ótica, levando internet banda larga para mais 123 municípios piauienses, alcançando todo o estado com conexão de qualidade.

 

“Temos uma prática pioneira no Brasil, levando internet de qualidade aos pontos mais distantes do estado. Um modelo de referência para todo o Brasil”, destacou Dias.

A parceria deve reafirmar o Piauí como destaque no cenário nacional na expansão de internet. A expansão movimenta a economia, favorecendo o aparecimento de novos provedores de internet, entre outros negócios.

 

“Com o projetom teremos um investimento fantástico, acima da média nacional, naqueles municípios que estão contemplados na expansão do Piauí Conectado”, afirmou Edson da Silva, representante da Globaltask, executora do Piauí Conectado.

 

Atualmente, o Piauí Conectado está presente em 101 municípios. A proposta aprovada prevê a implantação de 900 novos pontos de internet espalhados em órgãos e logradouros públicos. A maioria dos pontos é destinada à área da educação. A expansão do Piauí Conectado deve ser concluída em um ano. No final, o Piauí deve alcançar 12 mil quilômetros de rede de fibra ótica.

 

O projeto segue para apreciação da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Colônia de Férias do Iapep

O conselho também aprovou a proposta de requalificação e ampliação da Colônia de Férias do Iapep, que atende aos servidores estaduais. O equipamento receberá investimento privado estimado em R$ 45 milhões e será transformado, oferecendo instalações modernas e confortáveis, com novas opções de lazer e entretenimento.

 

O projeto prevê a ampliação dos atuais 398 leitos em 90 acomodações, para 2.760 leitos em 1.020 acomodações, entre apartamentos e chalés. Os servidores estaduais terão prioridade na aquisição de cotas de hospedagem, pagando menos da metade do valor cobrado para o público em geral.

“Isso tira do estado o custo do equipamento, dá ao servidor melhores instalações, com prioridade na hospedagem, valor diferenciado e acessível. Representa um avanço para o turismo na região”, avalia Wellington Dias.

 

O espaço deve ganhar parque aquático, academia, restaurantes, auditório, salão de beleza, bares, lojas, entre outros atrativos.

 

Segundo informações compartilhadas na reunião do Conselho Gestor, a Colônia de Férias do Iapep gerou no ano passado, um custo de R$ 67 mil. Passando a ser administrada pelo setor privado, ao invés de custos, o estado receberá cotas mensais previstas em contrato.

A proposta também será apreciada pela Procuradoria-Geral do Estado, antes de seguir para licitação.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Piauí
Sobre Piauí
Notícias de todo Piauí
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias